0
Seu carrinho está vazio :(
Dicas

Guia sobre Desenvolvimento Infantil: Fases, Experiências e Dicas

Publicado em 14.12.2021 |
7 visualizações

Uma criança, enquanto ser em formação, precisa ter diferentes aspectos de sua vida trabalhados durante o seu crescimento. Nesse sentido, o desenvolvimento infantil é tido como sendo o processo pelo qual as crianças passam a fim de adquirir e aprimorar diversas capacidades nos âmbitos emocional, cognitivo, motor e social.

Sempre que conquista alguma nova capacidade, a criança passa a apresentar determinados comportamentos e ações que são esperadas para aquela fase ou idade, por exemplo, falar a sua primeira palavra ou se levantar e dar os primeiros passos.

Todavia, é importante entender que as crianças são seres diferentes e com necessidades distintas, que surgem durante o contexto de sua evolução biológica. Tudo isso gera uma série de dúvidas em quem convive com a criança e, por isso, iremos trazer neste artigo um pouco mais sobre o que você precisa saber acerca do desenvolvimento infantil e suas etapas. Boa leitura!

O que pode influenciar o Desenvolvimento Infantil?

Desenvolvimento Infantil

Primeiramente, é importante destacarmos que o desenvolvimento infantil é o processo de aprendizado pelo qual a criança passa ao longo de sua vida. Nele, são desenvolvidas capacidades cognitivas, sociais, motoras e emocionais, que preparam esse pequeno ser para enfrentar os diversos desafios que terá durante a sua fase adulta.

Trata-se de um processo contínuo e que perpassa por etapas sequenciais, mas que acontece de uma forma única para cada indivíduo. Todavia, ao longo desse desenvolvimento, espera-se que a criança comece a apresentar comportamentos e ações já esperadas, como dizer as primeiras palavras, aprender a comer sozinha ou mesmo fazer as tarefas da escola sem precisar de ajuda.

Sabe-se que existem diversos fatores intrínsecos e extrínsecos que podem influenciar as fases do desenvolvimento infantil. Segundo Gláucia Moreira Zebral, dentre esses fatores estão as condições nutricionais e ambientais, além do nível educacional e socioeconômico da família.

Assim, é importante compreender que esse processo de desenvolvimento infantil é diferente de uma criança para outra, sendo importante respeitar as particularidades de cada uma delas.

Fases do Desenvolvimento Infantil

O desenvolvimento infantil tem sido estudado por médicos e pesquisadores há séculos e, ao longo desses anos, foram definidas quatro etapas (ou fases) do desenvolvimento de uma criança, que envolvem justamente a evolução dos aspectos socioemocionais, cognitivos, motores e sociais desse pequeno ser em formação.

Abaixo, falaremos um pouco mais sobre as quatro principais etapas do desenvolvimento infantil:

Físico

É a etapa que abrange o crescimento do corpo da criança e, consequentemente, envolve os seus movimentos e ações. Dessa forma, o desenvolvimento físico abrange questões relacionadas aos músculos e ao sistema nervoso, sendo que cada idade apresenta características distintas.

Cognitivo

Nessa fase, o foco é que a criança consiga receber uma informação e dividi-la em partes menores, iniciando, assim, um processo de compreensão do mundo ao seu redor e as formas de interação com ele.

No desenvolvimento cognitivo, a criança precisa criar habilidades motoras, como a capacidade de diferenciar vários sons para saber em qual direção deve olhar. Além disso, essa fase é importante, pois ajuda a criança a compreender as tarefas que são dadas na escola e a importância do convívio com outras pessoas e do cumprimento de regras.

Linguístico

Desde o ventre, o bebê já consegue ouvir os sons produzidos por sua mãe e por pessoas e objetos próximos. Ao longo dos primeiros meses de vida, a criança já consegue diferenciar alguns sons e, aos poucos, começa a desenvolver a habilidade de falar.

Todavia, é importante perceber que a linguagem das crianças durante o desenvolvimento infantil é diversa, pois, no início, a criança tem o choro como a sua principal maneira de chamar a atenção de quem está a sua volta.

Assim, aos poucos, a criança aprende a indicar objetos, a falar, a ler e a escrever. Todavia, para que isso aconteça, é importante que ela receba estímulos constantes.

Socioafetivo

O desenvolvimento socioafetivo abarca fatores como a capacidade da criança em lidar com as suas emoções e a própria socialização dos pequenos. Entre os vários estudiosos que estudaram essa etapa do desenvolvimento infantil, destaca-se Jean Piaget, que dividiu as etapas do desenvolvimento infantil por fases, conforme será visto no tópico a seguir.

Desenvolvimento Infantil por Fases

As fases do desenvolvimento infantil foram estudadas e definidas por Jean Piaget a partir da observação do raciocínio das crianças em diferentes etapas de suas vidas. Cada uma dessas etapas recebeu um nome e envolve a evolução de alguma habilidade da criança.

De 0 a 2 anos

É a fase chamada por Piaget de sensório-motor. Nela, a criança começa a tomar consciência de seus movimentos e, por isso, o foco é a coordenação motora. Nessa fase, o bebê toma consciência de que precisa esticar o braço para que possa alcançar determinado objeto, por exemplo.

De 2 a 7 anos

Piaget chama essa fase de pré-operatório, pois, nela, a criança começa a desenvolver a sua imaginação e faz uma série de perguntas. Também é a fase em que vale a pena investir em brinquedos educativos voltados para estimular a criatividade e o raciocínio das crianças.

De 8 a 12 anos

É a fase chamada por Piaget de operatório concreto, pois é nela que a criança começa a ver sentido nas regras sociais e passa a compreender o mundo a sua volta. O senso de justiça também é desenvolvido nessa fase.

A partir dos 12 anos

Na última fase do desenvolvimento infantil, chamada por Piaget de oratório formal, a criança já começa a compreender situações mais abstratas e as experiências de outras pessoas. Com isso, a sua capacidade de compreender o mundo aumenta e ela já se encontra formada como um indivíduo autônomo.

Brincadeiras para o Desenvolvimento Infantil

Brincadeiras Desenvolvimento Infantil

As brincadeiras são uma excelente forma de estimular a criança ao longo das fases do desenvolvimento infantil. Com elas, os pequenos podem aprender um pouco mais sobre o mundo ao seu redor de uma maneira divertida e lúdica.

As brincadeiras podem ter como objetivo trabalhar a linguagem corporal da criança, bem como a sua expressão, atenção e espontaneidade. E isso pode ser feito de diversas formas.

Assim, você pode fazer o uso de jogos educativos, como quebra-cabeças, jogo da memória e jogos de tabuleiro para crianças.

Outras brincadeiras podem envolver a contação de histórias, com a realização de atividades de dramatização ou de dança, que têm por objetivo estimular a imaginação dos pequenos.

O processo de desenvolvimento infantil não tem uma “fórmula mágica” ou mesmo um roteiro predefinido. Cada criança tem uma experiência diferente e uma forma única de evoluir, sendo que isso deve ser entendido e respeitado por quem está ao seu redor.


E você, gostou de saber mais sobre o desenvolvimento infantil e suas fases? Tem alguma dica para deixar a quem esteja interessado no assunto? Então escreva para a gente nos comentários.

La Luna e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.