0
Seu carrinho está vazio :(
Dicas

Febre em Crianças e Bebês: 4 Dicas e Cuidados

Publicado em 09.12.2021 |
6 visualizações

A febre é o aumento da temperatura corporal que pode ser provocada pela ação de um vírus ou algum outro agente infeccioso, como processos inflamatórios, bactérias ou fungos. Mas você sabe como lidar com febre em crianças e bebês?

Há casos em que a febre pode ter sido causada não por uma doença, mas sim por algum agente externo, como o excesso de roupas, o calor ou até mesmo como forma de reação a uma vacina que a criança tomou.

Nesse sentido, é importante que os papais e mamães estejam atentos aos sinais e sintomas que as crianças apresentam para saber se a febre pode ser tratada em casa ou se existe a necessidade de correr para o médico.

Febre Crianças Dicas Cuidados

Febre no Bebê ou Criança: Dicas e Cuidados

Quando se é mãe de primeira viagem é normal vivenciar situações pela primeira vez e não saber bem como lidar com elas. Não se sinta mal, isso faz parte do processo.

Mas diante de um aumento repentino de temperatura, o quê fazer? Como saber se a criança está com febre e quais ações tomar a partir do diagnóstico?

É sobre isso que falaremos de agora em diante. Então, se você quer saber mais sobre como lidar com febre em crianças e bebês, continue a leitura deste artigo até o final.

Quando pode ser caracterizada a febre em crianças e bebês

Faixas Temperaturas Febre Infantil

A temperatura corporal de uma pessoa normal é de até 37 ºC. Quando a temperatura ultrapassa esse patamar, podemos dizer que a pessoa está em um estado febril. Todavia, para que a febre precise ser tratada com medicamentos, ela deve ter superado os 38 ºC.

Bebês e crianças, principalmente as mais novinhas, tendem a ter uma temperatura corporal maior do que a de crianças maiores e adultos. Além disso, essa temperatura pode ser influenciada por uma série de fatores, como o calor, as roupas que a criança ou bebê veste, o período do dia e por aí vai.

Assim, ao detectar a presença de uma temperatura acima do normal na criança, é importante que os pais ou responsáveis comecem a observar se ela apresenta algum outro sintoma, tais como fraqueza, dores de cabeça, falta de apetite, boca seca e desidratação.

Além disso, também é importante adotar algumas estratégias para lidar com a febre em crianças e bebês para tentar reduzi-la de uma forma natural antes de passar para os medicamentos.

A seguir, você conhecerá algumas dicas de como fazer isso de uma maneira natural e sem precisar recorrer a medicamentos.

Dicas para baixar a febre de uma forma natural

Existem várias técnicas naturais para se lidar com a febre em crianças e bebês, mas algumas delas se destacam, pois já foi comprovado que elas podem ajudar a reduzir a temperatura corporal dos pequenos quando a febre não é causada por alguma doença ou processo infeccioso.

Confira, a seguir, algumas dessas dicas:

Dica 1 # Compressas

Compressa Água Fria Febre Crianças

Faça compressas frias na região dos troncos e dos membros da criança (axilas, virilhas, nuca, testa etc.). Use somente uma toalha molhada com água fria ou uma bolsa térmica. Jamais faça uso de álcool, pois pode causar uma intoxicação ao ser absorvido pela pele da criança;

Dica 2 # Manter a criança hidratada

Febre Bebês Beber Água

Ofereça líquidos para a criança e mantenha-a hidratada. No caso de bebês, pode ser oferecido o leite materno. A alimentação deve ser mantida, mas com alimentos leves e de fácil digestão para que o organismo reduza a queima de energia necessária para a digestão;

Dica 3 # Banho morno

Banho Criança com Febre

Dê um banho na criança com água morna. Essa dica pode ajudar a reduzir até 1 ºC da temperatura corporal da criança. Não se recomenda um banho de água fria, como muitos defendem, pois a água fria pode acelerar os batimentos cardíacos, que já estão acelerados em razão da febre;

Dica 4 # Repouso

Febre Infantil Cuidados

Por fim, recomenda-se deixar a criança em repouso para que recupere as suas energias. A ideia é permitir que ela descanse o máximo que conseguir.

Assim, se nenhuma dessas dicas funcionar, o ideal é procurar ajuda médica, pois, talvez seja necessário tratar essa febre com medicações ou outros tipos de tratamentos.

Remédios para baixar a febre

Remédio Febre Infantil

Os remédios para baixar a febre somente devem ser utilizados com indicação do pediatra ou de um médico. Em regra, são indicados para esses casos medicamentos antitérmicos, que são administrados de quatro em quatro horas ou em períodos um pouco maiores.

A automedicação é altamente contraindicada nesses casos, pois a criança pode ter alergia a algum remédio e isso pode acabar agravando a situação. Por isso, antes de administrar qualquer remédio para combater a febre da criança ou do bebê, procure orientação médica.

Quando procurar atendimento médico imediatamente?

Ligando Médico Febre Infantil

Existem alguns casos em que você não deve tentar soluções caseiras para reduzir a febre, mas deve buscar atendimento médico imediato, pois é possível que a criança ou bebê esteja correndo risco de vida.

Assim, caso a sua situação se enquadre em alguma das hipóteses abaixo, recomenda-se buscar um hospital, pronto-socorro ou uma consulta ao pediatra imediatamente:

  • Caso o bebê tenha menos de três meses de vida e apresente um quadro de febre;
  • Se a febre ultrapassa os 38 ºC e a temperatura da criança chega rapidamente a 39,5 ºC;
  • Se houve perda de apetite e a criança dorme muito ou mostra sinais de irritação intensa, muito diferente de seu comportamento habitual;
  • Se a criança apresenta manchas ou pintinhas na pele;
  • Caso perceba outros sintomas e a criança ou bebê fique sempre chorando ou gemendo;
  • Se houver sinais de que a criança tem dificuldade para respirar;
  • No caso de desidratação;
  • Caso o bebê fique apático e tenha dificuldade em caminhar ou ficar de pé;
  • Se o bebê não dorme por mais de duas horas e acorda várias vezes durante a noite.

Ao conversar com o médico, relate tudo o que a criança apresentou até o momento da consulta para que seja possível chegar ao diagnóstico correto. Em alguns casos, será necessário fazer alguns exames para descobrir exatamente o que causou a febre.

E você, tem alguma outra dica de como lidar com a febre em crianças e bebês? Então, deixe o seu comentário, pois pode ajudar muitos outros papais e mamães que estão enfrentando essa situação.

La Luna e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.